30 junho, 2014

Evento Teleculinária "Saúde à Mesa"

O passado dia 25 foi um dia diferente!...
Recebi um convite por parte da Teleculinária para estar presente numa festa que iria servir para comemorar a centésíma edição da revista Saúde à Mesa e a sua nova imagem.



A editora decidiu que estava na altura de mudar a revista, dando-lhe um visual mais atractivo e moderno, com deliciosas receitas, todas elas com um semáforo nutricional elaborado pela nutricionista Natália Cavaleiro Costa e que ajuda o leitor a interpretar as receitas e a fazer a escolha mais adequada às suas necessidades e objectivos. Foram criadas novas rúbricas na revista, de entre as quais uma dedicada aos bloggers de culinária.


E para comemorar este lançamento da "nova" Saúde à Mesa, a Edições Plural organizou uma festa, no Restaurante Bar Faz Figura, em Lisboa. 
Um local com uma vista deslumbrante sobre o rio Tejo; estiveram ainda presentes várias pessoas ligadas à publicação e também alguns bloggers que pertencem à comunidade Blog In Teleculinária, entre muitos outros.
As fotos apresentadas, gentilmente cedidas pela Sandrine e pela Teleculinária, são apenas pequena amostra de um fim de tarde fantástico, ambiente descontraído e rodeado de bem disposta, onde não faltou a boa comida e muitas conversas à mistura.



Foi muito bom rever e/ou conhecer pessoalmente alguns bloggers, com quem partilho este gosto pela culinária e com os quais costumo falar no dia-a-dia seja por faceboo ou email, de entre os quais a Alexandra do Bimbexpress, o Célio do Sweet Gula, a Sandrine do As Várias Faces da Ginja, a Eva do A Aventura Culinária, a Maria João do Ponto de Rebuçado e a Ana do Telita na Cozinha



Para terminar, no final da festa ainda tivemos direito a uns sacos muito bem recheados de simpáticos miminhos!


Hambúrguer de grão-de-bico

Quando comprei o mais recente livro do chef Chakall, esta foi uma das receitas que mais me chamou a atenção.
Adoro grão, e apesar de já ter feito várias receitas, nunca tinha experimentado uma versão vegetariana, e aliado ao facto de a receita ser tão simples e económica que era impossível não experimentar.
Para quem gosta de experimentar receitas diferentes, garanto-vos que não se vão arrepender... é uma deliciosa alternativa à carne!




Ingredientes:
2 latas ou 1 lata grande de grão Compal da Horta
20g coentros
2 ovos
1 c. chá alho em pó
1 c. chá cominhos em pó
100g farinha tipo 65
1 limão
Sal q.b.
Pimenta q.b
Azeite q.b.
4 ou pães de hambúrguer
Agrião q.b.
Tomate q.b.
Molho de iogurte Paladin




Preparação:
- No copo da Bimby coloque o grão escorrido, coentros, cominhos, alho em pó, sal, pimenta e sumo de limão, pique 5seg, Vel 5.
- Junte a farinha e os ovos, programe 30seg, Vel 4, retire e reserve. Deixe repousar por 5 minutos.
- Consoante o tamanho que prefira, molde 4 a 6 hambúrguers.
- Numa frigideira, coloque o azeite e frite até ficarem dourados de ambos os lados.
- Abra os pães de hambúrguer, coloque o agrião, o tomate, o hambúrger e por cima deite o molho de iogurte.



Nota:
Em substituição da Bimby pode usar uma picadora ou trituradora.
Pode substituir o agrião por rúcula ou alface.


Fonte - Receitada adaptada do livro "10 por 10"

27 junho, 2014

Sugestão para o fim de semana #9




A 7.ª Edição da Feira Nacional do Mirtilo decorrerá de 26 a 29 de Junho no Parque Urbano da Vila. 
Visite o certame, delicie-se, prove, conheça, saboreie, experimente e divirta-se com o Mirtilo de Sever do Vouga, o Fruto da Juventude.
Mais informações aqui.



Para os amantes da sardinha e ainda não se fartaram delas nos Santos Populares (é o meu caso), não podem perder o Festival da Sardinha em Setúbal que já está a decorrer e vai até dia 6 de Julho.
A sardinha assada de Setúbal é considerada uma das "7 Maravilhas da Gastronomia" e para mostrar isso mesmo, este Festival conta com a participação de 62 restaurantes.
Mais informações aqui.



Este fim de semana, uma feira em que será possível descobrir os melhores vinhos da Península de Setúbal e os sabores inconfundíveis do Estuário do Sado.
Os vinhos, enchidos, queijos, doces e compotas artesanais de produtores locais são o mote para um fim-de-semana de promoção daquilo que melhor se faz nas Terras do Sado, num evento ao ar livre com entrada gratuita, destinado a toda a família.
Será possível participar em provas de vinhos, harmonizações de vinhos com pratos típicos da região, workshops de sangrias, apresentações de doçaria e assistir às actuações do Quarteto de Fados “Deolinda de Jesus” e do grupo infantil “Fado Reguila”.
Mais informações aqui.


Ementa mensal - Maio

A mais recente ementa, que contou com muitas experiências novas!




ementa do mês de Maio:

Semana 1
2ª - Pizza de brie, presunto e rúcula

3ª - Massa fantasia gratinada com alheira
5ª - Filetes de pescada com camarão

Sábado - Frango Marroquino 

Semana 2

2ª - Panquecas de cenoura e courgette
3ª - Fajitas de frango

4ª - Pescada à Brás 

Semana 3
2ª - Hambúguer de atum
4ª -
Costeletas de cebolada
6ª - Esparguete de camarão picante
Sábado - Coelho assado no forno

Semana 4
2ª - Salteado vegetariano com slim noodles

4ª - Porco frito com amendoim
6ª - Snacks de linguiça




26 junho, 2014

Tostas de alheira e camembert

Hoje, trago.vos um petisco daqueles...
Tão guloso, tão saboroso... que até parece que imenso trabalho, mas quando vamos a ver é mesmo do mais simples que pode haver! E é isso mesmo que nós gostamos, não é verdade?!?
Este petisco reúne dois ingredientes que adoro: alheira e queijo! Acho que só de mencionar estes dois ingredientes dá para perceber que só pode ser qualquer coisa de muito bom.




Ingredientes:
6 fatias pão de trigo
1 alheira Minhofumeiro
1 queijo camembert
2 c. sopa azeite
2 dentes de alho, descascados e esmagados
Mel q.b.


Preparação:
- Pré-aqueça o forno a 180º.
- Coloque as fatias de pão num tabuleiro de ir ao forno e l
eve ao forno durante cerca de 5 minutos.

- Retire a pele à alheira e desfaça o miolo, corte o queijo camembert em pedaços. Reserve.
- Retire as fatias do forno e esfregue o dente de alho e de seguida pincele cada fatia com um pouco de azeite.
- Espalhe o miolo da alheira pelas fatias e por cima espalhe o queijo.
- Leve novamente ao forno durante cerca de 3 minutos.


- No momento de servir, deite um pouco de mel por cima de cada tosta.



Fonte - Receita adaptada da revista Teleculinária semanal nº 1824

A Wook dá

E, mais uma vez, uma excelente campanha da wook!
Desta vez, são 30% de desconto em livros, campanha válida durante o dia de hoje em todos os livros excepto eBooks, escolares e técnicos.




Aproveitem, pois além desta campanha, em muitos casos os portes são grátis!

25 junho, 2014

Strogonoff de perú

De origem russa, o strognoff popularizou-se um pouco por todo o mundo, sempre com variações consideráveis do original, seja no tipo de carne utilizada, nos ingredientes do molho e nos acompanhamentos.
Sei que foi das primeiras receitas que experimentei quando comprei a Bmby, e a verdade é que já não me recordo ao certo quando foi a última vez que fiz strogonoff... mas sei que já lá vai uns anos e talvez por isso me soube tão esta refeição!




Ingredientes:
500g bifes de perú
1 lata de cogumelos Compal da Horta
3 dentes de alho
200ml natas
50g polpa tomate Compal da Horta
15g mostarda
30g azeite
Sumo de limão q.b.
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Coentros picados q.b.


Preparação:
- Arranja os bifes, corte-os em tiras e tempere com sal, pimenta e sumo de limão.
- Coloque no copo o alho e pique 5seg, Vel 5.
- Adicione o azeite e refogue 2min, Temp 100º, Vel 1.
- Junte as natas, a polpa, a mostarda, os cogumelos e as tiras de carne, programe 15min, Temp Varoma, Vel Colher Inversa.
- Retire do copo e sirva polvilhado com os coentros picados e acompanhado por salada.





Fonte - Receita adaptada da revista Teleculinária Robot de Cozinha nº 72 (Janeiro 2014)

24 junho, 2014

Tamagoshi Food Fusion

Confesso que depois de pesquisar sobre este restaurante tinha muita curiosidade e grandes expectativas.

Localizado na parece, o Tamagoshi Food Fusion é um espaço acolhedor, pequeno decorado com pormenores simples, ambiente agradável e descontraído, jazz era a música ambiente escolhida e um atendimento tão simpático que nos faz sentir em casa.





Pedimos giozas como entrada e estava deliciosas, certamente das melhores que já provei.
Pedimos limonada, já nos apetecia uma bebida fresca e gostei imenso do facto de ser uma limonada equilibrada com o toque certo de doce e acidez e para dar ainda mais frescura tinha hortelã, que ainda a tornou mais saborosa.



A opção dos combinados é excelente para poder provar um pouco de tudo e não desilude, já que cada combinado que eu via passar era sempre diferente, além disso percebi que é frequente os clientes serem presenteados com alguns miminhos (como nós fomos) no combinado ou separadamente. 
Tudo o que nos é colocado na mesa tem uma apresentação é fantástica, percebe-se perfeitamente a dedicação, e o peixe muito fresco.




Para sobremesa, escolhemos uma mousse de maracujá e o fondant de chocolate com chá verde (que pelos vistos é uma sobremesa muita requisitada que até esgotou!), ambas era divinais e perfeitas para os mais gulosos.



Tendo em conta que é um restaurante que abriu há cerca de 3 meses, parece-me bastante promissor, é certamente um restaurante que planeio visitar mais vezes e só tenho a apontar o facto do serviço ser algo lento, mas penso que será apenas uma questão de tempo até melhorar!
 

Filetes de pescada com camarão

Tinha uns filetes de pescada no congelador e queria fazer algo que fosse simples e não me desse muito trabalho!
No livro As receitas a dieta dos 31 dias vem uma receita de filetes de pescada panados com camarão, e que acredito seja deliciosa, mas no dia em que fiz esta receita não me apetecia estar a panar filetes, por isso optei por fazer algo muito mais simples: temperar os filetes e camarão, distribuir numa travessa com limão e levar ao forno... 15 minutos, pronto!
Uma receita rápida e simples, para dias atarefadas e de sabor fresco para combinar com a época do ano.




Ingredientes:
500g filetes de pescada
250g miolo camarão pequeno
1 limão, às rodelas
Raspa e sumo de meio limão
Alcaparras q.b. (opcional)
Azeite q.b
Sal q.b.
Pimenta q.b




Preparação:
- Pré-aqueça o forno a 180º.
- Num tabuleiro ou pyrex, coloque os filetes de pescada, as rodelas de limão, o camarão e as alcaparras, tempere com sal e pimenta, por cima deite um fio de azeite.
- Leve ao forno durante cerca de 10 minutos.
- Retire do forno e acompanhe com salada.


Para acompanhar este prato recomendo Arte Real de Monte Seis Reis

23 junho, 2014

Panquecas de cenoura e courgette

As panquecas não são apenas para o pequeno-almoço!
Adoro cenoura e courgette, já tinham experimentado combinar estes 2 vegetais num arroz de ceoura e courgette e na altura gostei imenso do resultado. Mas ainda gostei mais de combinar estes 2 vegetais, que são dos meus preferidos para fazer estas panquecas.
São um excelente um almoço leve e fresco, mas saciante e e basta acompanhar com uma saladinha para ficar completo.




Ingredientes:
100g cenoura
200g courgete
2 chalotas
15g salsa
4 ovos
250g farinha tipo 65
1 c. chá paprika
1 c. chá açafrão
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Azeite q.b.
150g rúcula
Creme de vinagre balsâmico Ponti q.b.




Preparação:
- Coloque no copo a cenoura, a courgette, as chalotas e a salsa, pique 5seg, Vel 5. Retire e reserve.
- Coloque no copo os ovos, a farinha, o sal, a pimenta, a paprika e o açafrão, bata 15seg, Vel 3.
- Adicione a massa aos vegetais reservados e envolva com a ajuda de uma espátula.
- Aqueça uma frigideira com um pouco de azeite, deite um pouco da massa e deixe cozinhar de ambos os lados.
- Sirva com rúcula, temperada com um fio de azeite e creme de vinagre balsâmico.



Fonte - Receita adaptada da revista Momentos de Partilha nº 10 (Setembro 2011)

20 junho, 2014

Nosolo Itália - Terreiro do Paço

Hoje a review é sobre o Nosolo Itália, existem vários, mas este é especificamente sobre o que está localizado no Terreiro do Paço.
Mas antes do review propriamente dito, queria mencionar que pelo facto de não tirar fotos de todos os sítios que visito muitas reviews não constam do blog, mas caso tenham curiosidade podem visitar a Zomato e ver por onde ando ;)

Ora bem, agora o review...
Não sei como é que foi possível não conhecer este espaço até agora!
Localizado no coração de Lisboa, tem uma esplanada fantástica e que nos convida a sentar em dias cheios de sol.




Atendimento muito simpático, atencioso e descontraído, aparentemente também bastante organizado.
Fui pela hora do lanche... e o lanche foi um gelado!
Os gelados são uma tentação! Enormes e cada um com aspecto mais guloso que o outro... cada um que passava lá eu virava a cabeça!

Ao final da tarde, já havia alguns turistas a começar a jantar e as pizzas que vi passar tinham um aspecto divinal e um cheiro mesmo tentador.

A sala no interior tem uma decoração muito bonita, mais elegante mas ainda assim descontraída e acolhedora!

A ementa é enorme, por isso não devem ter dificuldade em encontrar algo que vos agrade.


Gelado Copa Rio


A repetir!

Fajitas de frango

Prato de origem mexicana, feita à base de carne servida em tortilha de milho ou trigo, a carne pode ser cozinhada com cebola e pimentos, normalmente é acompanhada por natas azedas, guacamole, pico de gallo, entre outros e é perfeita para um almoço ou jantar informal e divertido entre amigos.
Actualmente, é mais usual fazer-se esta receita com frango, mas podem usar outro tipo de carne e até mesmo com camarão, fica inteiramente ao vosso gosto!




Ingredientes para as fajitas:
600g bifes frango
2 c. chá paprika Margão
1 c. sopa alho em pó
30g azeite
1 cebola, picada ou em meia-lua
1 dente de alho picado
Pimentos assados q.b. em tiras
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Coentros picados q.b.
Sumo de lima q.b.
1 embalagem de wraps

Ingredientes para o guacamole:
2 abacates maduros
1 tomate
1 dente de alho
1 malagueta vermelha
1 pitada de cominhos
Sumo 1 lima
Sal q.b.
Coentros q.b (opcional)


Preparação das fajitas:
- Tempere os bifes com sal, pimenta, alho em pó e paprika, corte os bifes em tiras e de seguida frite as tiras em azeite durante cerca de 5 minutos. Retire e reserve.
- Na mesma frigideira, refogue a cebola e o alho até que a cebola fique macia, depois junte os pimentos e tempere com sal e pimenta.
- Envolva a carne reservada com a mistura de pimentos e polvilhe com coentros.
- Coloque em cada wrap a mistura de carne, pimentos e coentros, por cima deite sumo de lima e acompanhe com guacamole.

Preparação do guacamole:
- Corte os abacates ao meio, retire os caroços, descasque e corte a polpa em pedaços.
- Numa picadora ou robot de cozinha, coloque todos os ingredientes e triture até ficar com a consistência desejada.
- Rectifique os temperos e sirva.



19 junho, 2014

Massa fantasia gratinada com alheira

Já sabem que eu adoro um bom prato de massa e, tal como eu, sei que muitos de vós também gostam!
E a verdade é que mesmo com o calor que se sente, existem dias em que só apetece uma massa reconfortante e gulosa... esta sugestão é ideal para esses dias já que é uma receita simples e rápida, que nem precisa de muitos ingredientes.




Ingredientes:
300g massa fantasia La Molisana
150g cogumelos frescos
1 alheira
Água q.b.
200ml natas
1 pitada de noz moscada
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Parmesão ralado q.b.q


Preparação:
- Coza a massa em água abundante, durante cerca de 7 minutos e, quando estiver cozida, escorra e passe por água fria. Reserve.
- Enquanto a massa coze, limpe e lamine os cogumelos, retire a pele à alheira e corte em pedaços.
- Pré-aqueça o forno a 180º.
- Tempere as natas com sal, pimenta e a noz-moscada.
- Envolva a massa com os cogumelos e a alheira, deite num recipiente para forno e por cima deite as natas, termine com o parmesão ralado.
- Leve ao forno durante cerca de 15 a 20 minutos.

18 junho, 2014

Vencedor do passatempo "Olha ó peixinho fresquinho"

Como prometido, hoje é o dia de anunciar o vencedor!

Quero começar por agradecer a todos aqueles que participaram  pelas suas receitas deliciosas, e aos que não participaram mas mesmo assim divulgaram este passatempo.
Todas as receitas eram simples e deliciosas, a decisão não foi nada fácil e por isso mesmo, decidi que além do 1º prémio, ia iria dar um miminho ao 2º classificado.

A receita vencedora:



A receita em 2º lugar:



Peço às vencedoras que me enviem um email para: sweetmykitchen@gmail.com com a vossa morada para que vos possa enviar o prémio.

Costeletas de cebolada

Tenho sempre umas costeletas no congelador, no caso de ter algum imprevisto, mas a verdade é que nunca sei muito bem o que fazer com elas... normalmente, acabam por ser grelhadas e já está!
Claro que, de tempos a tempos, lá surge uma receita interessante para dar um gostinho diferente as umas costeletas tão simples.
Já tenho feito bifinhos de cebolada, usado bifes de perú e bifes de atum com cebolada, foi a primeira vez que fiz com costeletas e foi uma refeição mais do que aprovada.




Ingredientes:
800g costeletas de porco
2 cebolas grandes
4 dentes de alho
200ml vinho branco
50g azeite
1 c. sopa vinagre de sidra
1 c. chá paprika
1 c. sopa concentrado de tomate Compal da Horta
Sal q.b.
Pimenta q.b.


Preparação:
- Tempere as costeletas com os dentes de alho picados, a paprika, o vinho, sal e pimenta. Deixe marinar pelo menos 30 minutos.
- Descasque as cebolas e corte-as em meia-luas. Reserve.
- Leve ao lume uma frigideira com o azeite e adicione as costeletas, deixe fritar de ambos os lados. Retire e reserve quente.
- Na mesma frigideira, coloque a cebola, junte o tomate concentrado e o vinagre, deixe refogar até que a cebola fique macia.
- Coloque a cebolada por cima das costeletas e sirva.




Fonte - Receita adaptada da revista Teleculinária semanal nº 1824

17 junho, 2014

Gelado de côco

Eu adoro gelados e quando chega esta altura do ano nada melhor do que um saboroso e fresquinho gelado.
Faço a maior parte dos gelados que se comem cá em casa, não só por ser mais em conta, mas porque posso inventar os sabores e fazer as experiências que me apetecer.
Eu e o meu marido adoramos coco, nunca tinha feito em casa e achei que era uma óptima: experimentar um sabor novo e testar a nova máquina de gelados.

Fazendo na bimby ou substituindo-a por uma batedeira ou liquidificadora, como eu salto a parte de mexer o gelado de 30 em 30 minutos até congelar completamente, aparecem alguns cristais de gelo à superfície; com a máquina de gelados é feita a preparação previamente o gelado sai bastante cremoso, em 15 minutos fica com uma consistência semelhante à de um sundae e muito refrescante!




Ingredientes:
1 lata grande de leite de coco
1 lata de leite condensado
400ml natas
100g coco ralado
Coco ralado tostado q.b. (opcional)
Topping chocolate q.b (opcinal)




Preparação Bimby:
- Coloque no copo todos os ingredientes e programe 30seg, Vel 4.
- Deite o preparado num recipiente e leve ao congelador.


Preparação máquina de gelados:
- Coloque a cuba da máquina dentro de um saco plástico e depois coloque dentro do congelador durante pelo menos 8 horas.
- Num pyrex ou outro recipiente, misture todos os ingredientes e leve ao frigorifico durante pelo menos 8 horas.
- Retire do frio a cuba, encaixe a pá misturadora e a tampa, ligue a máquina de gelados e deite a mistura pela abertura da tampa.
- Deixe a máquina funcionar durante 15 a 30 minutos, consoante a consistência pretendida.
- Sirva o gelado com coco ralado tostado e topping de chocolate ou outras coberturas a gosto.
- Caso sobre gelado, coloque transfira para um recipiente e congele.

16 junho, 2014

Doce de morango e maçã

As compotas nunca duram muito tempo cá por casa e dou por mim a pesquisar várias receitas para ir experimentando sabores diferentes.
O meu marido adora maçãs e por isso é fruta que tenho sempre em casa, os morangos este ano estão por aí em abundância e absolutamente deliciosos, por isso este doce veio aproveitar o melhor de 2 mundos.
Fiz 2 frascos, que desaparecem num ápice e a verdade é que este tornou-se uma das receitas favoritas cá de casa.




Ingredientes:
300g morangos, lavados e arranjados
200g maçã, descascada e em pedaços
½ c. chá de baunilha açúcarada Vahiné
Sumo de 1 limão
300g açúcar


Preparação:
- Coloque no copo todos os ingredientes e pique 5seg, Vel 5.
- Programe 25min, Temp 100º, Vel Colher.
- De seguida, programe 10min, Temp Varoma, Vel Colher.

- Retire e coloque em frascos previamente esterilizados.




Fonte - Receita adaptada do livro Bimby "Dicas, Truques, etc".

13 junho, 2014

Gelados, gelados, gelados...

A temperatura está a subir, esperemos que seja desta que o calor se instala de vez!
Eu adoro gelados caseiros e já são várias as receitas publicadas aqui no blog, normalmente faço os meus gelados na bimby, mas podem sempre fazê-los usando uma liquidificadora, batedeira ou máquina de gelados. Confesso que, já algum tempo que queria uma máquina de gelados, mas nunca me tinha decidido a comprar e achei que desta vez valia a pena aproveitar. Segundo o que pesquisei, utilizando uma máquina de gelados, o gelado sai mais suave e cremoso. A ver vamos se é mesmo verdade!

Existem várias formas de fazer gelados, sorvetes, etc... para mais informações e dicas, por favor cliquem onde diz Truque e Dicas e desçam até encontrarem a parte dos gelados.




Explicando muito rápida e resumidamente o funcionamento:
- O resultado será sempre melhor se quer o recipiente da máquina, como a mistura para o gelado estiverem bem frias. Na práctica, isto quer dizer que a cuba da máquina deve ser colocada dentro de um saco plástico e depois no congelador (a -18º ou mais frio) durante cerca de 8 horas e os ingredientes para o gelado devem também estar frios (por ex: utilize fruta congelada). Caso os ingredientes não estejam frios (por ex: se usar ovos ou fizer um xarope simples) deve ser feita a mistura, colocada no frigorífico no mínimo 12 horas, e depois introduzir a mistura na máquina de gelados.
- Quando se coloca a mistura na máquina o gelado vai demorar entre 15 a 30 minutos a ficar pronto.
- Durante o funcionamento, não desligue e volte a ligar a máquina, pois desta forma a mistura pode congelar dentro do recipiente e bloquear a pá misturadora.



Para além da máquina de gelados, vieram estas comprinhas para tornar os meus gelados (ainda) mais gulosos!...
Os cones e as bolachas para gelado rolinhos recheados com chocolate, crações de waffer e waffersde baunilha) custavam apenas 0.79€ por embalagem.
Os toppings só trouxe e chocolate e morango, mas também existe à venda de baunilha e caramelo. Já os vi à venda noutros sítios a custar o dobro!
As taças de bolacha eram o mais caro, mas cada embalagem traz 8 unidades.

Coelho assado no forno

Os dias têm sido mais quentes, mas até recentemente o tempo estava algo fresco e as noites ainda frias, a pedirem comida reconfortante e quentinha.
Nada melhor do que algo feito no forno, neste caso um coelho, cozinhado primeiro a uma temperatura mais baixa e só passado algum tempo uma temperatura mais alta, para assim a carne ficar muito tenra mas com aquele aspecto dourado no final.
E ainda que actualmente consuma menos hidratos de carbono, a verdade é que não consigo resistir a uma bela batatinha... principalmente, feita no forno.




Ingredientes:
1 coelho partido em pedaços
2 folhas de louro
2 c. sopa massa de pimentão
1 c. sopa alho em pó
2 c. chá de paprika
100ml vinho branco
Azeite q.b.
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Batatas para assar q.b.


Preparação:
- Coloque o coelho numa taça ou saco grande de congelação, adicione a massa de pimentão, o alho em pó, a paprika e o vinho branco, envolva e deixe marinar durante pelo menos uma 1 hora.
- Pré-aqueça o forno a 170º.
- Coloque o coelho num tabuleiro ou outro recipiente próprio para forno.
- Lave as batatas e junte-as aos coelho.
- Tempere com sal e pimenta, deite por cima um fio de azeite.
- Leve ao forno durante 30 minutos.
- Depois, aumente a temperatura para 220º por mais 15 minutos ou até o coelho estar douradinho.




Nota:
Se preferir, pode descascar a batata.

12 junho, 2014

Hambúrguer de atum

Sou fã incondicional de fast-food caseira!
Adoro fazer espetadas, pizzas, petiscos variados e hambúrguers diferentes.
Já tinha feito 2 receitas de hambúrguer de salmão, uma mais simples e outra de influência asiática, gostei imenso do resultado e agora decidi experimentar com atum.
Eu utilizei atum enlatado, por ser mais práctico e económico, mas claro que podem substituir por atum fresco se preferirem.
Este é um hambúrguer descomplicado e tem um sabor muito leve e fresco.




Ingredientes:
500g atum em lata, escorrido
1 cebola roxa
1 c. chá gengibre
Salsa q.b
4 c. sopa pão ralado
2 ovos
Pimenta q.b
Sal q.b.
Pão para hamburguer
Tomate q.b
Molho de iogurte Paladin


Preparação:
- Coloque no copo a cebola e a salsa, pique 5seg, Vel 5.
- Adicione os restantes ingredientes e programe 30seg, Vel 4.
- Molde 6 hambúrgers e reserve no frigorífico durante cerca de 30 minutos.
Numa frigideira ou grelhador, coloque os hambúrguers e deixe grelhar até ficar dourado de ambos os lados.
- Corte os pães de hambúrguer ao meio, coloque o tomate, depois o atum e por cima molho de iogurte.



Para acompanhar este prato, recomendo o vinho Arca Nova Rosé da Quinta das Arcas

11 junho, 2014

Salsichas cocktail

As receitas da Nigella nunca me desiludem!
Esta receita é óptima para uma festa ou como uma entrada simples e rápida antes do prato principal. Mas a verdade é que como são tão simples de fazer e tão saborosas, mas a mesmo tempo diferentes, servem para qualquer ocasião ou podem simplesmente fazer parte de uma mesa de petiscos.




Ingredientes:
2 latas de salsichas cocktail
2 c. sopa molho de soja Kikkoman
1 c. chá óleo de sésamo
½ c. chá fumo líquido (opcional)
50ml mel




Preparação:
- Pré-aqueça o forno a 200º.
- Coloque as salsichas num tabuleiro de ir ao forno.
- Misture numa taça o molho de soja, o óleo de sésamo, o fumo líquido e o mel.
- Deite por cima das salsichas e envolva bem.
- Leve ao forno durante cerca de 20 minutos.
- Sirva.



Fonte - Receita adaptada do livro "Na Cozinha com Nigella".

10 junho, 2014

Restaurante Via Graça

Desde que descobri a Zomato que me tornei um membro activo desta comunidade, partilhando as minhas opiniões acerca dos locais que visito.
A Zomato em conjunto com o restaurante Via Graça decidiram então convidar um conjunto de foodies para um jantar à luz das velas, com uma vista de Lisboa deslumbrante e um menu de fazer crescer água na boca... impossível recusar um convite destes!


(Foto retirada do site)

Com uma vista espectacular sobre Lisboa, este restaurante passou a constar no meu top pessoal de restaurantes em Lisboa com requinte e qualidade.
Desde a simpatia e profissionalismo dos empregados, à variedade de pratos e qualidade dos mesmos, uma garrafeira notável, e em que todos os pratos possuem um toque especial dizer que são absolutamente deliciosos não é suficiente para descrever aquela que foi uma experiência memorável.

Localizado no coração de Lisboa, o acesso é difícil e o estacionamento practicamente missão impossível, por isso recomendo transportes públicos ou táxi.
A decoração é sofisticada e contemporânea, sem por isso se tornar impessoal ou desconfortável, pelo contrário é o tipo de restaurante onde podemos (e devemos) degustar cada prato serenamente. 

Mesa e entradas

(Foto cedida pela Zomato)


Via Graça  é um restaurante que existe desde 1988, onde o destaque vai para a cozinha portuguesa quer tradicional ou numa versão mais contemporânea.
Tem uma atmosfera romântica sendo ideal para casais, mas também muito adequando para famílias e grupos, sinceramente penso que é um restaurante ideal para ocasiões especiais até porque o preço não é barato, mas é perfeitamente justificável pela qualidade e toda a experiência que é proporcionada ao longo da refeição.


(Fotos cedidas pela Zomato)

O chef falou connosco por diversas vezes, acerca da ementa e de como os pratos eram preparados, como no caso da feijoada de sames e da empada de caça, e dos vinhos que os acompanhavam.


Mas sejamos realistas e directos, vocês já estão cansados de tanto blábláblá e o que interessa é mesmo a comida, não é verdade? Por isso... preparem-se! Vamos passar ao menu.

Medalhões de vieiras em aveludado de caril com castanhas de Sernancelhe 

Vieras cozinhas na perfeição, sabor suave do caril e a doçura das castanhas, uma entrada diferente, exótica e ao mesmo tempo com um toque tradicional.

Polvo em duas texturas
Arroz basmati com polvo e coentros e Polvo braseado com alho e azeite de alecrim

Um arroz de polvo com um toque diferente, polvo cozinhado e temperado na perfeição.
Adorei o polvo braseado, de sabor simples e fresco, o pormenor do flambé ao alecrim quando o prato é colocado na mesa sem dúvida que eleva a experiência.

Feijoada de Sames

Uma versão diferente da feijoada a que estamos habituados, podemos dizer que é uma feijoada do mar; ainda que de sabor mais suave. O aroma dos enchidos, a textura do sames e a riqueza do caldo transformam este prato em algo sofisticado e simultaneamente reconfortante.
Para quem não conhece sames é a bexiga natatória do bacalhau, prato bastante apreciado na zona de Aveiro e bastante demorado e trabalhoso na sua preparação.

Empada de caça com grelos salteados em azeite de alecrim

A empada e composta por 4 carnes de caça (faisão, lebre, perdiz e javali) cada uma cozinhada separadamente num vinho diferente e posteriomente desfiada.
Não são carnes que consuma habitualmente, pelo que estava algo renitente, mas adorei o sabor, pois ainda que fosse reconfortante não era de todo pesado ou enjoativo.

Fondant de caramelo, sobre massa dolce de leche com cone de sorvete de cítricos/verduras

O fondant era uma verdadeira perdição para os gulosos, suave e delicioso, para equilibrar estava acompanhado pelo sorvete cujo sabor era cítrico e fresco.