31 julho, 2014

A que sabe o amor

Hoje trago-vos um livro diferente!
O livro A que sabe o amor do nutricionista Alexandre Fernandes, apresenta uma selecção de receitas deliciosas e light, repletas de ingredientes afrodisíacos.




Inicialmente, o livro aborda os sentidos (visão, paladar e olfacto) e depois quais os principais alimentos e bebidas afrodisíacos, produtos que são naturalmente afrodisíacos e os alimentos opostos, ou seja, que estragam qualquer romantismo.
O livro tem mais de 69 receitas, entre entradas e sopas, saladas, peixe e marisco, carne, pratos vegetarianos e claro, sobremesas. As receitas são bastante simples, sempre numa abordagem light e a maioria é preparada com ingredientes que facilmente encontramos à venda.


O livro já se encontra à venda nas livrarias e online.

Lombo de porco com cogumelos, natas e mostarda

Confesso que sou uma céptica em certas coisas (bem, todos temos as nossas manias suponho) e confesso que nunca dei grande crédito a livros de dietas.
A verdade é que desde que tenho o livro As receitas - A dieta dos 31 dias e tenho experimentado várias receitas do livro, aquelas que não preparo tal como no livro adapto quer os ingredientes quer as quantidades, mas a verdade é seguindo o conceito das receitas do livro é possível fazer receitas mais saudáveis e ainda assim variadas e saborosas.





Ingredientes:
500g lombo de porco
15g azeite
1 cebola
2 dentes de alho
1 folha de louro
Água q.b.
Sal q.b.
Pimenta q.b.
1 lata de cogumelos Compal da Horta
1 c. sopa de mostarda dijon
1 pacote de natas light
1 pitada de açafrão em pó
Coentros picados q.b.


Preparação:
- Corte o lombo em pedaços pequenos. Reserve.
- Num tacho, coloque a cebola cortada em meia-lua, o alho picado e a folha de louro, por cima os pedaços de carne.
- Deite o azeite, tempere com sal e pimenta e meio copo de água. Deixe cozinhar.
- Numa taça, misture as natas com a mostarda e o açafrão. Reserve.
- Quando a carne estiver quase cozinhada, junte os cogumelos e o preparado reservado, deixe cozinhar até que fique espesso.
- Sirva com arroz e salada.


Fonte - Receita adaptada do livro "As receitas a dieta dos 31 dias"

30 julho, 2014

Caril de camarão de Goa

Já andava com saudades de uma refeição ao estilo indiano...
Nunca consigo passar muito tempo se fazer este tipo de receitas e verdade seja dita mesmo quando não faço receitas indianas, não resisto a adicionar especiarias a muitas outras receitas.
Desde a experiência no restaurante de comida goesa, em que experimentei o caril de camarão, que fiquei a pensar em fazer uma receita deste camarão em casa... Recorri àquele que tem sido um dos meus livros preferidos, vi que tinha uma receita e depois decidi apenas fazer algumas alterações tornando esta receita num misto de sabores entre doce, fumado e aromático.





Ingredientes:
30g óleo Fula Puro Amendoim
500g miolo de camarão
1 pau de canela
2 cravinhos
2 vagens de carmamomo esmagadas
1 vagem de cardamomo preto esmagado Aromas e Especiarias
1 cebola picada
2 dentes de alho esmagados
2 dentes de alho negro Aromas e Especiarias (opcional)
1 malagueta vermelha fresca, sem sementes, picada
1 c. chá cominhos em pó
1 c. chá coentros em pó
2 tomates picados
150ml água
350ml leite de coco
Sal q.b.


Preparação:
- Numa tacho ou panela, aqueça o óleo de amendoim e junte o pau de canela, cravinho e as vagens de cardamomo e deixe fritar por 2 minutos.
- Adicione o alho, alho negro, a cebola e a malagueta e deixe cozinhar até que a cebola fique macia.
- Junte os cominhos e coentros, o tomate, a água e o leite de coco, deixe levantar fervura.
- Adicione o camarão e deixe cozinhar durante cerca de 8 minutos.
- Acompanhe com arroz de açafrão.




Fonte - Receita traduzida e adaptada do livro "The world´s greatest-ever Curries"

29 julho, 2014

Alvor - restaurantes

Das minhas pesquisas sobre o Alvor, a ideia com que fiquei é que era uma zona muito calma e familiar, com muitos restaurantes variados quer no centro da vila, quer na zona ribeirinha.
E se durante o dia, é realmente uma zona calma, provavelmente porque as pessoas se dispersam entre a praia, a piscina do hotel e outros passeios, porque à noite existe muita animação!
Desde os restaurantes, a grande maioria dedicado a pratos de peixe e gastronomia nacional, vários tipos de bares, cafés, gelatarias, etc... o que não falta é variedade.




Os restaurantes abaixo são alguns dos que tivemos o prazer de visitar durante a nossa estadia e que se destacaram pela positiva, o preço médio indicado é por casal, com álcool e sem sobremesa (excepto quando indicado).
Facilmente irão perceber porque voltei mais gorda das férias!



- Restaurante Ababuja
Fomos conquistados pelo cheiro e pelo empregado que estava à porta e nos falou as especialidades da casa. Staff muito simpático, serviço eficiente e rápido.
Escolhemos o choco com amêijoas, acompanhado por batata frita, e arroz de lingueirão, para beber escolhemos uma sangria e como sobremesa um bolo de chocolate com cobertura de chocolate quente e amêndoa para partilharmos.
Tudo delicioso... Saímos de lá felizes e a rebolar!
Preço médio: entre 40€ a 50€



- Restaurante Alvorwine
No dia anterior passámos à porta do restaurante, infelizmente estava fechado mas ficou debaixo de olho já que gostei da ementa e dos preços... e no dia seguinte, lá fomos nós!
Restaurante pequeno, tem poucos lugares e é também loja de vinhos. Staff simpático e atencioso, serviço um pouco lento. Gostei do pormenor de os candeeiros no exterior serem feitos com garrafas.
Comemos o couvert que era composto por tostas e pão, azeitonas marinadas, saladinha de polvo e paté de atum; escolhemos o polvo frito (um polvo inteiro!) e o bife de atum (enorme e segundo a empregada o melhor da região) com molho de manteiga, ambos vinham acompanhados de batata e vegetais, tudo impecavelmente cozinhado e apresentado.
Decidimos terminar a refeição com um cálice de vinho do Porto que quando veio a conta pudemos verificar foi uma oferta.
Preço médio: 25€ a 30€



- Restaurante Lusitânia
Restaurante predominantemente italiano, mas também serve diversos tipos de carne e peixe grelhados.
Decoração muito bonita e agradável, tem bastante lugares no interior e alguns na esplanada.
Como nos dias anteriores tínhamos sempre optado por pratos de peixe, naquela noite optámos por escolher carne e curiosamente ambos escolhemos borrego: chambão de borrego e espetadas de borrego com molho de iogurte e hortelã. A espetada era boa, muito saborosa e a carne tenra... mas o chambão estava fabuloso! Cozinhado em vinho tinto tinha um sabor delicado e a carne estava tão macia que se desfazia.
A sangria era agradável.
Ponto negativo: serviço algo impessoal, onde constatámos que davam mais atenção e um serviço mais rápido a estrangeiros.
Preço médio: 30€ a 40€



- Restaurante Caravela
Perto da gelataria onde fazíamos questão de ir todas as noites e mais afastado da agitação da rua principal encontrámos este restaurante. Tinha uma ementa diferente de outros restaurantes, estava cheio e estivemos mesmo para não entrar quando nos apercebemos que afinal havia uma mesa livre.
O staff era muito simpático e o serviço foi bastante rápido.
Pedimos o couvert que era composto por queijo cremoso, paté, linguiça e , acompanhado por vários tipos de pão. Escolhemos depois os camarões com molho de laranja com arroz basmati e peito de pato com mel e gengibre com vegetais e puré de batata; os camarões eram muito saboroso com suave sabor a laranja e o peito de pato cozinhado na perfeição, com uma bonita apresentação.
Pedimos sangria, era agradável mas podia ser melhor.
Preço médio: 30€ a 40€



- Gelados de Alvor
Gelados, crepes, waffles, batidos.
Gelados italianos artesanais... Absolutamente deliciosos!
Existem alguns sabores à escolha, desde os clássicos morango e chocolate, passando pelo gelado de manteiga de amendoim e de nutella, além disso todos os dias existe um "sabor do dia".
Preço: cone com 3 sabores 3.50€ com oferta do chantilly

Frango à Brás

Toda a gente adora bacalhau à brás (desde que gostem de bacalhau, claro!), mas é tão simples e saboroso fazer outras coisas à brás.
Pode ser feito com outro peixe, numa versão vegetariana ou com carne como é o caso da receita de hoje. Podem usar sobras de frango, quer cozido quer de churrasco, e fazê-lo da forma mais básica como eu fiz ou adicionar alguns ingredientes extra como alho-francês e bacon ou presunto.
Depois, basta acompanhar com uma salada e temos uma refeição completa.




Ingredientes:
3 peitos de frango
1 cebola grande
1 dente de alho
30g azeite 
250g a 300g batata palha
3 ovos
Segredos Alho e Salsa Margão q.b.
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Azeitonas pretas (opcional)


Preparação:
- Coza os peitos de frango, desfie e reserve.
- Bata os ovos, tempere com segredos alho e salsa. Reserve.
- Num tacho, refogue a cebola e o alho.
- Junte a carne desfiada e adicione a batata palha, envolva delicadamente.
- Adicione os ovos batidos e mexa bem até que esteja tudo bem envolvido.
- Sirva com as azeitonas pretas.





28 julho, 2014

Alvor

Nas férias deste ano decidimos seguir aquela célebre frase: "Vá para fora, cá dentro"... e assim o destino escolhido foi Alvor, no Algarve.
Nunca fui uma grande adepta de férias no Algarve, porque normalmente há sempre muitos turistas, nacionais e estrangeiros, e talvez por isso a última vez que tínhamos estado no Algarve tinha sido em 2008 ou 2009; por isso, e como queríamos um destino para descansar e de preferência fazer praia (de frio e chuva já tínhamos tido mais que a conta) e após muita pesquisa optámos pelo Alvor.
Muitos hotéis dentro da vila ou mais próximos da praia, boas praias, próximo de Portimão, muitos e bons restaurantes, uma zona calma... a receita perfeita!


(Zona ribeirinha)

- Local
Alvor

- Hotel
Luna Alvor Bay

- Tipo de alojamento
Apartamento, com pequeno-almoço.
O apartamento está totalmente equipado para quem quiser preparar as suas refeições.

- Praias
Praia de Alvor a 100 metros do hotel
Outras praias próximas

- A visitar
Praias
Centro da vila
Zona ribeirinha
Museu de Portimão

- Preço
Variável consoante época do ano e o regime escolhido.




Nunca tinha estado nesta cadeia de hotéis, mas gostei bastante quer do hotel, quer do atendimento!
O staff muito simpático, eu tinha reservado um apartamento com vista mar lateral e no check-in fizeram upgrade para vista mar frontal sem custos.
O apartamento é tal e qual como as fotos demonstram no site, devido às suas dimensões é especialmente indicado para casais; no wc, além do secador de cabelo encontram um daqueles espelhos para maquilhagem, que dá imenso jeito!
Fica localizado muito perto da praia, mas para quem preferir a piscina fica o aviso de que é pequena e existem poucas espreguiçadeiras.
O pequeno-almoço era razoável: sumos, frutas e vegetais frescos, café e leite, vários tipos de pães, compota, mel, charcutaria, iogurtes, todos os dias um bolo diferente e também alguns pratos quentes que todos os dias mudavam. (normalmente ovos, feijão, salsichas ou bacon, tomate, etc).
Quem quiser pode reservar apenas estadia e caso queira depois tomar o pequeno-almoço é só indicar o nr do quarto e fazer posteriormente o pagamento.


(Museu de Portimão)

As praia de Alvor era fantástica! Durante a nossa estadia, apenas num dos dias houve vento forte, nos restantes apenas uma leve brisa e a água tem uma temperatura maravilhosa.
Não vou estar aqui a colocar fotos de praia, até porque sinceramente não é do meu feitio levar máquina fotográfica para praia... tirei algumas fotos sim, com o telemóvel e que podem ver no instagram. E desta forma, aproveito para vos dar uma sugestão diferente durante as férias em que a praia é rainha: o Museu de Portimão.
O museu, localizando na zona ribeirinha de Portimão e instalada numa antiga fábrica de conservas, tem exposições fixas e exposições temporárias. Para mim, sem qualquer dúvida que o mais interessante é a exposição permanente que representa o percurso de Portimão, desde a presença romana e islâmica, aos recursos naturais locais, os estaleiros e a indústria conserveira.


O próximo post relacionado com as férias será dedicado aos restaurantes que mais gostámos... porque no Alvor come-se e come-se muitíssimo bem!

Frittata de tomate e bacon

Ah... como eu gosto de frittatas... Especialmente, ás segundas e sextas-feiras, não me perguntem porquê, manias que realmente não faz muito sentido.
Adoro ovos! Sejam ovos estrelados, mexidos ou cozidos e gosto especialmente da frittata, porque mal estou a cozinha já que o esforço é mínimo e posso usar os ingredientes que me apetecer e andam perdidos pelo frigorífico. Desde vegetais, bacon ou fiambre, vários tipos de queijo, etc.
Fiz esta frittata, que parece quase uma pizza mas sem a massa, no dia antes de ir de férias... é que assim não ficavam sobras no frigorífico!




Ingredientes:
6 ovos 
1 tomate grande

3 a 4 fatias de bacon
1 c. sopa
 azeite 

Queijo mozzarella ralado q.b.

1 c. chá de Segredos Alho e Salsa Margão
Sal q.b.
Pimenta q.b



Preparação:
- Pré-aqueça o forno a 180º.
- Bata os ovos e tempere com sal, pimenta e segredos alho e salsa. Reserve.
- Corte o bacon em pedaços e o tomate em rodelas finas.
- Num frigideira pré-aquecida, deite o azeite, depois adicione os ovos, depois o tomate e o bacon. 

Deixar cozinhar a parte de baixo até que o ovo junto à extremidade da frigideira esteja cozinhado e fique dourado. Nessa altura, apague o lume e coloque por cima o queijo ralado.
- Leve a frigideira ao forno até que o queijo derreta e fique um pouco dourado.
- Acompanhe com salada.




25 julho, 2014

Carne de porco no wok

Com o calor que se vai sentido, as férias e a vontade de passear, ninguém quer passar demasiado tempo na cozinha e por isso mesmo o melhor é apostar em receitas que não exijam preparações complicadas nem uma confecção demorada.
Por isso, a sugestão de hoje é ideal para dias com pouco tempo (ou pouca vontade de cozinhar): a preparação é rápida e simples e em menos de nada está na mesa, mas rápido e simples não tem de significar aborrecido... e esta receita tem aquele toque oriental e exótico.





Ingredientes:
500g lombo porco, em cubos
1 cebola picada
2 dentes de alho picados
250g mistura chinesa ou legumes para wok
1 malagueta vermelha, fresca e sem sementes, picada
1 c. sopa molho de soja
2 c. sopa de óleo de coco
Sementes de sésamo q.b.


Preparação:
- Leve o wok ao lume, adicione o óleo de coco e junte a cebola e o alho, deixe cozinhar durante 2 ou 3 minutos.
- Depois, junte a carne e deixe cozinhar até que fique ligeiramente dourada.
- Adicione os vegetais e a malagueta, deixe saltear e adicione o molho de soja, cozinhe durante mais 5 minutos, mexendo ocasionalmente.
- No final, junte as sementes de sésamo e um fio de óleo de sésamo.
- Sirva com arroz branco.




Fonte - Receita inspirada na revista Saúde à Mesa nº 95 (Fevereiro 2014)

24 julho, 2014

Espetadas de salmão e tamboril

Uma espetada com sabor a mar e a Verão!
Nunca tinha experimentado usar tamboril numa espetada, mas adorei a combinação de sabor com o salmão... Mas achei que sendo 2 dos meus peixes preferidos, só podia correr bem.
Com um tempero leve e simples, que não precisa marinar e depois é só grelhar e servir acompanhado por uma salada bem fresca, mesmo ideal para estes dias quentes e em que queremos aproveitar o bom tempo ao máximo.




Ingredientes:
2 lombos de salmão
1 embalagem cubos de tamboril
1 pimento verde
1 pimento vermelho
Azeite q.b.
Aneto Margão q.b.
Sal q.b.
Pimenta q.b.
Sumo de 1 limão




Preparação:
- Corte o salmão o salmão em pedaços. Reserve.
- Arranje os pimentos, retirando as sementes e corte em pedaços.
- Prepare as espetadas colocando alternadamente o tamboril, o salmão e os pimentos.
- Tempere com sal e pimenta, aneto e azeite. Reserve.
- Coloque as espetadas num grelhador e deixe cozinhar até ingredientes ganhem cor, virando ocasionalmente.
- Coloque as espetadas numa travessa e por cima deite o sumo de limão.
- Acompanhe com salada.


23 julho, 2014

Conchas gratinadas com 3 queijos

Não sou capaz de passar muito tempo sem comer massa, é algo que adoro comer e se tiver queijo envolvido então o prazer é a dobrar!
Sinceramente, nem sei até que ponto a receita de hoje é uma receita, porque é algo tão simples como cozer a massa, misturar todos os ingredientes, levar ao forno... e voilá, o almoço está servido.
E e é tão fácil criar outras receitas a partir daqui... Podem usar a massa que mais gostarem, assim como aproveitarem restos de queijo que tenham no frigorífico, adicionar algum erva aromática e vão ter sempre uma receita diferente para experimentar, sem grandes complicações.





Ingredientes:
400g massa tipo conchas
200g mistura de 3 queijos ralado
400ml béchamel
Sal q.b.
Pimenta q.b.


Preparação:
- Cozinhe a massa de acordo com as instruções da embalagem, quando esta estiver pronta escorra. Reserve num tabuleiro ou pyrex.
- Pré-aqueça o forno a 180º.
- Numa taça misture bem o béchamel e o queijo, tempere com pimenta.
- Deite a mistura por cima da massa e envolva bem.
- Leve ao forno durante cerca de 10 minutos ou até o queijo derreter.





22 julho, 2014

Terraço do Tejo by Faz Figura

No dia 3 de Julho, pouco antes de ir de férias, a Zomato convidou-me para mais um Foodie meetup e desta vez o local escolhido para um cocktail foi o Terraço do Tejo by Faz Figura, num ambiente mais descontraído e informal.



Mesmo ali ao lado da estação de Santa Apolónia, um terraço com uma vista privilegiada de Lisboa e do Tejo, é um local ideal para um final de tarde descontraído com os amigos ao sabor de um dos vários cocktails. 
Já conhecia o espaço, pois foi onde se realizou a festa da Teleculinária, mas parece-me que o local ainda é uma espécie de pérola escondida, em que a maioria das pessoas que por ali passa nem se apercebe que existe ali uma espaço daquele género, mas agora com o Verão fará certamente sucesso!



(Fotos cedidas pela Zomato)

Os amuse-bouches servidos eram deliciosos! Gostei especialmente das vieiras, do atum braseado e do salmonete. 



O vinho branco era muito agradável, gostei particularmente do Manjerico: feito com gin, manjericão, sumo de limão e gengibre fresco, de sabor cítrico, leve e fresco; e não sendo uma grande apreciadora de café fiquei surpreendida por gostar do Bica curta feito com tequilla e café. 

Vale a pena visitar!

Doce de kiwi

O melhor da abundância, principalmente nesta altura do ano e quando a fruta tem estado tão boa, sumarenta e deliciosa, é que podemos guardar os excessos.
E, para mim, sem dúvida que uma das melhores maneiras de o fazer é fazendo compotas... É uma forma de aproveitar a fruta ou vegetais em excesso, podemos usar os ingredientes que mais gostamos e experimentar novas combinações, e o melhor é que não tem qualquer tipo de corante ou conservante e por isso mesmo são muito mais deliciosas e saudáveis!
Quando fiz o bolo de kiwi, fiz também esta compota e não sendo umas das minhas preferidas, fica bastante boa e é óptima para o lanche. Tem apenas um defeito: o kiwi não é dos frutos que mais "rende" para compotas, para a próxima experimento misturar com maçãs.






Ingredientes:
500g kiwis, descascados e em pedaços
250g açúcar
Sumo de meio limão
1 c. chá canela
1 pitada cardamomo verde em pó
1 pitada noz-moscada
Pão Dextrin com sementes de linho




Preparação:
- Coloque todos os ingredientes no copo e programe 10seg, Vel 6.
- Programe 30 min, Temp 100º, Vel 2.
- Caso queira dar mais consistência, programe 10min, Temp Varoma, Vel 2.
- Retire e coloque em frascos previamente esterilizados.

21 julho, 2014

Cogumelos recheados com espinafres e ricotta

Eis-me de volta! Ou quase... estou de volta a casa, mas ainda de férias! E que boas que estas têm sido...
Fica prometido para breve um post sobre as férias, o hotel e pontos a visitar, assim como alguns dos restaurantes que mais gostei.
Mas hoje, e para começar a semana da melhor maneira, a sugestão vai para uma receita simples e saudável, saborosa e nutritiva, acho que quem gosta de cogumelos (como eu) vai adorar.
A ideia para este receita veio do livro As receitas a dieta dos 31 dias, na receita original os espinafres são cozidos no microondas e depois salteados na frigideira, eu optei por fazer tudo na frigideira já que acho que fica mais saboroso.





Ingredientes:
4 cogumelos Portobello
1 embalagem 300g de espinafres
1 embalagem de queijo ricota
3 dentes de alho
30g azeite
Parmesão ralado q.b.
Sal q.b
Pimenta q.b


Preparação:
- Pré-aqueça o forno a 180º.
- Limpe os cogumelos para retirar qualquer sujidade e separe os pés, coloque-os num recipiente para ir ao forno.

- Numa frigideira pré-aquecida deite o azeite e o alho, de seguida junte os espinafres.
- Cozinhe os espinafres até estes perderem todo a água e fiquem macios.
- Junte o ricotta aos espinafres e misture bem. 
- Tempere com sal e pimenta .
- Recheie os cogumelos, polvilhe com o parmesão e leve ao forno durante cerca de 20 minutos.


Fonte - Receita adaptada do livro "As receitas a dieta dos 31 dias"

05 julho, 2014

Férias!

Finalmente chegaram as férias!
Este ano, o destino escolhido é... vá lá, aposto que muitos vão reconhecer as fotos!


(Fotos retiradas da net)



As publicações devem voltar lá para finais do mês...
Mas, planeio ir fazendo algumas actualizações através do meu instagram e por isso quem quiser pode continuar a acompanhar-me ;)

Até breve!

04 julho, 2014

FIA 2014

A FIA Lisboa (Feira Internacional de Artesanato) na FIL desde dia 28 e ainda podem visitar a exposição até Domingo.
Para quem não conhece, é um espaço de experiências, de convívio com culturas de todo o mundo, de muitas histórias impressas em cada objecto dos cerca de 600 expositores. Um total de 9 dias, com um conjunto de actividades diárias que visam celebrar o património das diferentes regiões nacionais e internacionais.
As fotos aqui apresentam são apenas uma amostra daquilo que podem ver durante a vossa visita!


O pavilhão 1 é dedicado a Portugal e às suas diferentes regiões, podemos encontrar artesanato, têxteis, joalharia, calçado, cortiça...

O pavilhão 2 é internacional, onde estão presentes vários países como: Argélia, Perú, Brasil, China, Tunísia... como se fosse uma espécie de volta ao mundo!

O pavilhão 3 tem os expositores alimentares: especiarias, licores, compotas, bolachas, brigadeiros... tudo o que possam imaginar! 


É neste pavilhão, último da exposição onde estão presentes alguns restaurantes e tasquinhas e podem, se quiserem aproveitar para petiscar ou tomar umas refeição. 

Mais informações sobre a FIA no site oficial.
Os bilhetes podem ser adquiridos online ou na FIL, informações aqui.

Pizza de camarão, bacon e ananás

Sai mais uma pizza! Receitas de pizza nunca são demais, certo?!
Durante imenso tempo nunca fui uma grande adepta de misturar fruta em determinadas receitas, confesso que na pizza sempre me fez alguma confusão... aliás, pizzas com banana para mim é algo a que torço completamente o nariz. Mas, depois de já ter experimentado juntar ananás a várias receitas de carne ou a pizza, confesso que é uma combinação da qual gosto bastante.
Por isso, hoje a sugestão para almoço é esta pizza com um toque levemente tropical!




Ingredientes (2 pizzas):
Massa de pizza
Polpa de tomate refogado Compal da Horta q.b.
Oregãos

150g queijo mozzarella ralado
250g miolo de camarão
3 fatias de bacon em pedaços
2 fatias de ananás em pedaços


Preparação:
Pré-aquecer o forno a 200º.
- Na massa de pizza, espalhar polpa de tomate, distribuir o camarão, o bacon e o ananás, por cima colocar o queijo mozzarella e os oregãos.
- Levar ao forno durante cerca de 8 a 10 minutos.

- Retire do forno e sirva acompanhado com salada.



03 julho, 2014

Entremeadas com molho de pimentos e arroz de limão

Hoje celebra-se o Dia do Vinho!
Todas as bebidas alcoólicas têm as suas desvantagens e devem por isso ser consumidas com moderação, mas a verdade é que um bom copo de vinho, além de deliciosos, tem os seus benefícios. Desde diminuir o risco de doenças cardíacas, diminuição do colesterol, retarda o envelhecimento, ajuda a controlar a hipertensão, facilita a digestão, entre muitos outros.
Por isso, e aqui fica a sugestão, nada melhor do que juntar a família e os amigos à mesa para uma refeição deliciosa, acompanhada por um bom copo de vinho!




Ingredientes:
800g entremeada
1 pimento verde, em cubos
1 pimento vermelho, em cubos
1 pimento amarelo, em cubos
Azeite.q.b
Coentros picados q.b.
Sal q.b.
Pimenta q.b.
250g arroz aromático Bom Sucesso
Raspa de 1 limão
Sumo de meio limão




Preparação:
- Comece por preparar o arroz, levando ao lume um tacho com o dobro do arroz em água e deixe levantar fervura. Junte o arroz e deixe cozer.
- Tempere as entremeadas com sal e pimenta, leve a grelhar de ambos os lados até ficarem douradas.
- Quando o arroz estiver pronto, passe-o por água fria e tempere com sal, pimenta, raspa e sumo de limão. Reserve.
- Enquanto grelha as entremeadas, misture os pimentos com os coentros, tempere com sal, pimenta e azeite. Reserve.
- Corte as entremeadas em pedaços, sirva com o molho de pimentos e acompanhe com o arroz.




Para acompanhar este prato recomendo Boa Memória de Monte Seis Reis


Fonte - Receita adaptada da revista Teleculinária semanal nº 1789

02 julho, 2014

Restaurante Monserrate - Tivoli Sintra

Quando fiz a reserva para este restaurante a ideia era associar um almoço agradável a um passeio por Sintra, por isso nesse dia tive a sorte de ter S.Pedro bem disposto.



O restaurante tem a sala decorada de forma clássica e elegante, mas é ao mesmo tempo muito acolhedora. A vista é lindíssima, aliás todo o ambiente da sala é muito sereno, perfeito para casais... Enquanto ali estivemos, parece que o tempo lá fora para por completo.
O serviço é eficiente, organizado e do mais atencioso possível.



Eu escolhi a tranche de salmão com manteiga de alcaparras e o meu marido o bacalhau à lagareiro, ambos os pratos estavam deliciosos, todos os elementos cozinhados na perfeição e apresentads de forma elegante. 
Para sobremesa, eu quis matar saudades então escolhi o travesseiro com gelado e o meu marido quis o fondant de chocolate, ambas estavam deliciosas!


Uma experiência fantástica! Se forem a Sintra e estiverem a procura de um bom restaurante e quiserem aliar uma vista fantástica, principalmente se a ideia é ter uma refeição romântica, recomendo vivamente!

Gelado de morango... quase instantâneo!

Estou a poucos dias de ir de férias!
Mas antes de vos deixar, não queria ir sem antes vos trazer mais uma receita de gelado... afinal de contas, um gelado sabe sempre bem e se estiver calor, ainda melhor.
Nesta receita, combinei a Bimby e a máquina de gelados, no entanto quem não tiver Bimby e máquina de gelados não se preocupe porque existe sempre uma forma de se conseguir fazer a receita: basta usar uma liquidificadora para triturar e bater todos os ingredientes e depois levar ao congelador.
Como os morangos estão congelados e as natas frias, não há necessidade de fazer a mistura e deixar uma série de horas no frio, basta seguir a receita e em poucos minutos o gelado está pronto a servir!




Ingredientes:
400g morangos congelados
150g açúcar
200ml natas
1 c. chá aroma de limão Vahiné




Preparação:
- Coloque a cuba da máquina de gelados dentro de um saco plástico e depois coloque dentro do congelador durante pelo menos 8 horas.
- Coloque o açúcar no copo e pulverize 15seg, Vel 9.
- Junte morangos dê 2 a 3 golpes de Turbo.
- Adicione as natas e a essência de limão, programe 30seg, Vel 9.
- Retire do frio a cuba, encaixe a pá misturadora e a tampa, ligue a máquina de gelados e deite a mistura pela abertura da tampa.
- Deixe a máquina funcionar durante 15 a 30 minutos, consoante a consistência pretendida.

- Sirva o gelado.



Nota:
Caso não consuma todo o gelado de imediato, pode colocar num recipiente e congelar.
Se não tiver máquina de gelados, leve ao congelador durante cerca de 1 hora ou até solidificar.

01 julho, 2014

Massada de tamboril

Adoro massada!
Curiosamente, nem sei bem porquê no outro dia dei por mim a pensar que tinha feito massada cá em casa!
É versátil porque podemos usar o peixe que estiver disponível naquele momento, uma massa tipo cotovelo ou outra a gosto e serve para aproveitar tomate já maduro.
Um prato delicioso, reconfortante mas sem ser pesado, com aquele toque de frescura e de mar...
Que mais se pode pedir?!



Escolhi esta receita para participar nesta edição do "Dia Um... Na Cozinha", cujo tema é o "Peixe"




Ingredientes:
300g massa tipo cotovelos
1000g água
1 embalagem cubos de tamboril
1 embalagem de delícias do mar (opcional)
1 cebola
3 dentes de alho
1 lata de tomate em pedaços
1 caldo de peixe
1 c. chá fumo líquido (opcional)
Azeite q.b.
Sal q.b
Pimenta q.b.
Coentros picados q.b.




Preparação:
- Coloque no copo a cebola, alho, lata de tomate, cogumelos e coentros, pique 5seg, Vel 5.
- De seguida, refogue 5min Temp 100º, Vel 1.
- Junte a água, o caldo de peixe, sal e pimenta e o cesto com o tamboril, programe 10min, Temp Varoma, Vel 1.
- Retire o cesto e reserve o tamboril, triture a mistura que ficou no copo 15seg, Vel 5.
- Adicione a massa e programe 8min, Temp 100º, Vel Colher Inversa.
- Junte o tamboril reservado, as delícias do mar em pedaços e o fumo líquido, programe 1min, Temp 100º, Vel Colher Inversa.
- Sirva com mais coentros picados.