12 maio, 2015

Ristorante Il Matriciano

Uma das coisas que mais gosto é de conhecer novos restaurantes, por isso quando recebi um convite para conhecer este restaurante (anteriormente conhecido como Bebel), em que tudo é italiano e preparado por italianos, não pude recusar!


Começando pela localização, encontra-se mesmo em frente às escadarias da Assembleia da República, tem um pequeno agradável pátio com algumas mesas e uma sala muito acolhedora, onde predomina a madeira, com um toque rústico q.b.


Fomos muito bem recebidos pelo dono, Alessandro, e deixámos a seu cargo a escolha da ementa.
Observando a ementa, pude verificar que os preços estão dentro do esperado num restaurante italiano, por exemplo: a massa mais cara (de trufas) custa 14€ e prato de carne mais carro (filet mignon para 2) custa 18€. Já agora, neste italiano, não há pizzas!


Começámos pelas várias entradas: mozzarella de búfala e prosciutto de Parma, seguiu-se beringela alla parmegiana, coppa e uma tábua de enchidos de Parma, em quantidade mais que suficiente para ficarmos saciados! A beringela foi sem dúvida a melhor que já comi em restaurante, macia, cremosa, tempero e cozedura no ponto, os enchidos eram todos bastante diferente entre si, uns mais suaves e outros mais intensos, mas todos deliciosos!

A ideia era que cada um pedisse um prato principal diferente e depois dividiriamos e desta forma experimentar vários pratos, deixámos novamente a escolha a cargo do Alessandro.
Não existe carta fixa de vinhos, mas o que existem são maioritariamente italianos e podem deixar a escolha a cargo do empregado, tenho a certeza que não se vão arrepender.
Começamos pela massa fresca com trufas, deste caso uns raviolis recheados com ricotta e trufas, cada garfada um verdadeiro deleite; chega depois um risotto com pêra, noz e queijo taleggio, um dos melhores risottos que já comi, com textura e equilibro de sabores perfeito; segue-se o tagliatelle com salsicha de Abruzzo e cogumelos, massa gulosa, que facilmente se tornaria um prato habitual se fosse cliente regular; e por fim, um clássico massa alla matriciana, um prato mais apimentado, com sabor característico, talvez por já estar a abarrotar foi o que menos gostei.


Só tinhamos intenção de provar o tiramisu e a panna cotta, mas fomos novamente surpreendidos com várias sobremesas! Primeiro, o clássico tiramisu, tão suave e delicado; depois 2 panna cottas, morando e chocolate, consistência e sabor perfeito, doce q.b. sem exageros, um "copo" de massa folhada com frutos vermelhos, num contraste interessante de frescura e acidez; e por fim, uma crostata de nutella, doce sem exagero e com massa crocante, mas na minha opinião a sobremesa menos interessante do grupo.

Em suma: uma verdadeira experiência italiana! 

5 comentários:

  1. Não me importava de ir conhecer...mas é muito longe.

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.p

    ResponderEliminar
  2. Che meraviglia!
    Tudo perfeito, adorei as fotos e o relato!

    Bjs, sucessos sempre!

    ResponderEliminar
  3. Hummmmm, quantas delícias!
    Parabéns pelo convite delicioso...
    Na próxima vez me convida ok?
    Ah, esqueci que estou no Brasil kkkk
    Bjsssss querida

    ResponderEliminar
  4. Só pelas fotos apetece ir lá correndo. Pena morar tão longe!!
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  5. Acho que gostei especialmente desta «review». Não sou muito experiente em comida italiana, acho que mesmo as pizzas que comemos por aqui já não são muuuito à italiano :P Por isso fiquei com curiosidade em relação a muitos dos pratos :) Está tudo com um aspeto muito bom!

    ResponderEliminar