30 setembro, 2014

Honorato Rio

Tenho de começar esta review explicando que após a minha visita a Honorato do Marcado da Ribeira, estava muito hesitante em ir a outro espaço desta cadeia... fiz questão de apresentar uma reclamação e posteriormente fui contactada e muito amavelmente convidada a ir a outro espaço Honorato à minha escolha. Hesitei, mas decidi dar nova oportunidade e devido à localização (Parque das Nações) este foi o escolhido!

Para começar fomos muito bem recebidos, quer pela gerente, quer por um responsável da Honorato que veio falar connosco. É de valorizar que uma empresa admita os erros, procure perceber o que pode melhorar e tentar satisfazer o cliente.
A empregada que que nos atendeu ao longo da noite era muito simpática e atenciosa, eficiente e atenta.




Adorei o espaço! Optámos pela sala, mas mesmo com algum frio à noite a esplanada encheu passado pouco tempo. Decoração e ambiente informal e descontraído, música agradável, quando enche torna-se algo barulhento, mas devido ás dimensões do espaço é perfeitamente normal e felizmente não são daqueles que colocam a música em altos berros.




Começámos pelo mata-bicho, uma coxinha de frango com queijo, que vinha quentinho e estava delicioso: crocante por fora e por dentro muito cremoso.



Para beber, escolhemos o Berry Nice e o Berry Good, basicamente um sumo de frutos vermelhos com hortelã, um na versão com álcool e o outro sem álcool, servidos numa generosa caneca. Divinos!



Escolhemos os hambúrguers Picanha (para mim) e capitão Fausto para ele. Não sei precisar quanto tempo demorou, mas talvez cerca de 20 minutos. Confesso que a primeira reacção quando a comida chegou à mesa foi de achar os hambúrgueres pequenos, ou melhor pouca quantidade de carne vs quantidade de pão. Mas tendo em conta o que cada hambúrguer traz em termos dos diferentes componentes e como o pão é bastante leve e fofo, existe realmente um equilíbrio. Embora, não me importasse de ter mais carne na mesma! ;)
A carne vinha bem temperada e cozinhada como pedimos (não salgada e demasiado mal passada como no Mercado da Ribeira), as batatas saborosas e estaladiças q.b. e a maionese uma delícia.



Como sobremesa, pedimos mousse de chocolate, que é servida num pote grande que dá perfeitamente para dividir por 2 pessoas. Doce q.b., sabor intenso a chocolate, muito cremosa e gostei da espécie de crumble que colocaram por cima.
Para finalizar, escolhemos um gin recomendado pela empregada, que nos conquistou e nos fez ter curiosidade de explorar melhor a carta de gins.



Para concluir...
São os melhores hamburgueres de Lisboa? Não sei! 

Lamento desiludir quem me lê, mas não tenho qualquer pretensão de correr as inúmeras hamburguerias de Lisboa... Sei que os hambúrgueres são deliciosos, mas talvez mais importante que apenas um bom hambúrguer é proporcionado ao cliente uma experiência que une a qualidade da comida, serviço e ambiente, por tudo isso merece uma visita.

4 comentários:

  1. É verdade, o Honorato do Parque das Nações é muito bonito, e a esplanada não fica nada atrás, talvez para o almoço! Mas tens que experimentar o de Telheiras! Acho que está ainda mais bonito :)

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que se redimiram :) Parece ter sido uma experiência muito agradável :)

    ResponderEliminar
  3. oi! não sei da história toda sobre sua decepção pois estou chegando agora, mas fico feliz que admitiram o erro e te recompensaram por isso deve ter sido uma sensação muito boa. bjussss!!!

    ResponderEliminar