02 dezembro, 2016

Nespresso e Reciclagem

A estratégia de reciclagem da Nespresso para Portugal, apresentada na semana passada no âmbito do projecto de sustentabilidade mundial da marca The Positive Cup, prevê que a taxa de reciclagem se situe entre os 20% e os 30% até 2020. Este é um dos objectivos locais fixados pela marca, ao qual se juntam os compromissos assumidos mundialmente e que passam por expandir a capacidade de recolha de cápsulas usadas para 100% e garantir que 100% do alumínio usado nas cápsulas Nespresso seja gerido de forma sustentável.
E se a preocupação com o meio-ambiente não for suficiente, aqui está um bom motivo para reciclar: depois de recolhidas as cápsulas usadas, separado o alumínio da borra do café, enquanto o alumínio é reciclado a borra de café é utilizada ara fertilizar terrenos de arroz, o arroz é depois processado e embalado para ser doado ao Banco Alimentar Contra a Fome.



Recorde-se que a reciclagem das cápsulas é um dos três pilares da estratégia de sustentabilidade The Positive Cup, além da origem do café e do clima. Reciclar é fácil e cómodo com a Nespresso. Em Portugal, a marca definiu uma estratégia clara ao nível da reciclagem, que assenta em 3 eixos de actuação:‘Educate’, ‘Make it easier do recycle’ e ‘Give Back’.

No eixo ‘Educate’, a Nespresso pretende sensibilizar e educar os consumidores para a importância da mudança de comportamento em relação à reciclagem de outros materiais como o alumínio, incentivando-os a depositar as suas cápsulas para reciclagem.


É no eixo ‘Make it easier to recycle’ que estão as iniciativas que visam facilitar e maximizar a recolha de cápsulas usadas junto dos consumidores e, neste sentido, a Nespresso lança agora o projecto Recycling@home, que permitirá recolher as cápsulas usadas com maior conveniência e comodidade, no momento da entrega de nova encomenda, sem custos adicionais. 
Esta medida vem complementar a rede já disponível de 290 pontos de recolha de cápsulas, espalhados pelo país, incluindo Boutiques, Pontos de Venda Parceiros e rede de pontos de entrega, entre outros,onde os clientes podem depositar as suas cápsulas para reciclagem, provando mais uma vez que reciclar com a Nespresso é fácil.


‘Give back’ pretende dar seguimento ao trabalho que tem vindo a ser realizado no âmbito da iniciativa “Reciclar é Alimentar”, um programa de incentivo à reciclagem que utiliza a borra do café contido nas cápsulas usadas para enriquecer o composto que fertiliza os terrenos de plantação de arroz, neste caso no Alentejo.
O Banco Alimentar Contra a Fome vai receber, este ano, 65 toneladas de arroz, resultado do projeto criado pela Nespresso em 2010. “Reciclar é Alimentar” é um projecto 100% português, que desde então já permitiu entregar 386 toneladas de arroz a esta Instituição, o que equivale a mais de 7,5 milhões de porções de arroz doadas entre 2010 e 2016.

Sem comentários:

Publicar um comentário