21 abril, 2020

10 filmes para viajar sem sair de casa

Nem sempre podemos viajar, mesmo quando a vontade é imensa. E quantas vezes nos apaixonámos por um lugar depois de o vermos num filme? Ou decidimos ver outros filmes filmados no mesmo lugar? Viajar e conhecer sítios diferentes faz parte do nosso adn, ou não tivéssemos nós um fascínio pelo desconhecido e exótico. Os filmes fazem sentir e sonhar, abrem um janela para o mundo... mesmo a partir do nosso sofá.
Descubra os 10 filmes que o vão querer fazer viajar!



Comer, Orar e Amar - Itália, Índia e Bali
Aos 34 anos, Elizabeth Gilbert, uma escritora premiada, decide abdicar de tudo e viajar sozinha durante 12 meses. Vive o prazer de comer em Itália, descobre o poder da oração na Índia e encontra o verdadeiro amor em Bali. Durante a sua redescoberta, leva-nos numa viagem repleta de emoções, sabores, cultura e paisagens exóticas.

O exótico Marigold Hotel - Índia
Uma aventura vivida na Índia pela perspetiva de sete ingleses reformados que são aliciados a viver o resto dos seus dias num sumptuoso hotel na Índia. À chegada, encontram uma realidade bem menos luxuosa e uma cultura muito diferente, mas pelo caminho irão redescobrir a alegria de viver através da partilha de experiências.


O fabuloso destino de Amélie - Paris
Filmes sobre a Cidade Luz não faltam, e todos eles nos dão a conhecer uma faceta diferente de Paris. Aqui, o realizador Jean-Pierre Jeunet leva-nos a descobrir um bairro de Montmartre excêntrico e encantador, pleno de fantasia e figuras fantásticas.

Mamma Mia! - Grécia
Um filme, uma viagem e uma ótima desculpa para cantar, tudo na mesma longa-metragem. Para pôr a disposição lá bem no alto, delicie-se com os locais de rodagem da ilha grega de Skopelos, nas Espórades gregas, e recorde as letras dos êxitos dos ABBA. Se ainda tiver fôlego, lance-se à sequela, que tem como cenário a ilha croata de Vis.


A Praia - Tailândia
O filme que tornou a praia de Maya Bay, na ilha de Koh Phi Phi Leh, tão famosa que chegou a ter o acesso proibido pela elevada afluência de turistas. Acompanhe a história de um jovem americano que viaja até à Tailândia e que, juntamente com um casal francês, parte em busca do "paraíso". 

Sete anos no Tibete - Tibete
Baseado no livro de viagem autobiográfico escrito pelo autor e alpinista austríaco Heinrich Harrer, baseado em sua experiência real no Tibete entre 1944 e 1951, durante a Segunda Guerra Mundial e o período intercalar antes do exército comunista chinês de Libertação Popular invadir o Tibete em 1950.


Sob o sol da Toscana - Itália
Frances Mayes fica devastada ao descobrir que seu marido é infiel. Sua melhor amiga Patti, com a intenção de ajudar, sugere que ela faça uma viagem pela Itália. Frances gosta da ideia e, durante o passeio, impulsivamente decide comprar uma casa em um vilarejo toscano. Agora a recém-divorciada inicia uma nova vida ao lado de personalidades interessantes, na esperança de começar uma nova vida.

Antes do amanhecer - Áustria
Jesse, um jovem americano, e Celine, uma linda francesa, se conhecem no trem para Paris, e começam uma conversa que os leva a fazer uma escala em Viena e ficar um pouco mais juntos, sem imaginar o que o destino os reserva.


Vicky Cristina Barcelona - Espanha
Barcelona é a cidade escolhida pelas melhores amigas americanas, Vicky e Cristina, para passar o verão. Com visões opostas no amor, conhecem um sedutor pintor que as convida para uma viagem a Oviedo, onde se desenvolve o relacionamento entre estas três personagens, mais a problemática ex-companheira.

O amor é um lugar estranho - Japão
É na luminosa e frenética Tóquio que o caminho de dois americanos se cruza numa noite de insónia, num luxuoso bar de hotel. De um encontro do acaso nasce uma amizade surpreendente e uma história, onde a solidão das personagens contrasta com a vida, a cultura e os habitantes que irão encontrar na sua aventura pela cidade.



Fotos: IMDb

Sem comentários:

Publicar um comentário