30 outubro, 2015

Sugestão para o fim de semana #17

Excelentes sugestões para sair de casa e aproveitar o fim de semana!


A vila de Arraiolos acolhe a 16ª Mostra Gastronómica, que inclui a Feira do Tapete de Arraiolos e o 8º Festival da Empada de Arraiolos, de 30 de Outubro a 8 de Novembro, no pavilhão Multiusos local.
No ano passado abriram-se portas a cerca de 15 000 visitantes e este ano preparam-se os detalhes com a expectativa redobrada, convidando todos a conhecer não só o património, como a gastronomia.
Este ano a empada vai ser a rainha das festividades, a par com os melhores pratos das mesas arraiolenses e, claro, com o ícone de artesanato local que pode ser admirado e adquirido: o Tapete de Arraiolos, além de todo um programa recheado de momentos de convívio, animação e cultura.
São 10 dias de onde todo o concelho de Arraiolos se mostra e convida, contando com a participação da restauração local, comércio de tapetes e tapeteiras, empresas vínicas e exposições do legado de gerações.
Mais informações, no site da Câmara Municipal.



O Mercado da Vila, apresenta uma vez mais o evento que recria o espirito gastronomico do Outono!
De 30 de Outubro a 1 de Novembro, o Mercado de Outono apresenta-se com Queijos, Enchidos, Vinhos, Azeites, Frutos Secos, Ervas Aromaticas, Chás, Licores produzidos nas várias regiões de Portugal.
Uma verdadeira montra, que se vem afirmando como a melhor opção para encontrar os frutos secos e castanha quentinha.




"Time Lapse", exposição de neopop, actua como convite para uma viagem trans-histórica técnica interativa com personalidades que estão expostas face ao espetador em grande plano e que criam um diálogo sem palavras. É assim que a artista plástica Rueffa apresenta na Casa-Museu Medeiros e Almeida uma nova realidade na pintura e na escultura: um instantâneo monumental. A exposição estará patente na Galeria de Exposições Temporárias até 7 de Novembro.
Obras inéditas e exclusivas como Mozart, Selfie Dollar e Facies Mechanicae marcam um novo establishment cultural. Personalidades como Almada Negreiros, Amália Rodrigues, Camões, Picasso, Andy Warhol, Basquiat, Grace Jones, Freddie Mercury, entre outras, estão expostas e conversam, sem recurso a palavras, com os espetadores.
No processo artístico de Rueffa é notória a admiração que nutre pelo concetto spaziale do artista Lucio Fontana promulgando também a sua própria dimensão na arte: uma expansão para além do plano pictórico a uma profundidade intencional elétrica, que raramente consegue ficar dentro do espaço limítrofe das camadas, dos painéis, das esculturas, dos vídeos, dos objetos artísticos.
É nessa tridimensionalidade que os grandes ícones da metrópole do espetáculo, industrial e universal são secularizados e a transversalidade de conceitos fazem a justaposição desmedida, ainda que certeira, entre a arte, o universo e a cultura Neo Pop de Rueffa.

Todas as informações no site do museu.

Sem comentários:

Publicar um comentário